CACHOEIRA: Guia das 14 Melhores Cachoeiras de MG p/ Quem Sai de BH

Tempo de leitura: 19 minutos

Quem não gosta de uma boa cachoeira, não é mesmo? Quando o stress bate a nossa porta, não tem jeito: a mente pede adrenalina. Embora ainda estejamos no inverno, o relógio de quem corre anda muito mais rápido.

Por isso, já é bom ir se preparando para o verão!

Sorte a nossa que o estado de Minas Gerais é um dos muitos do Brasil que oferece experiências renovadoras com belezas naturais. A geografia de Minas Gerais fez com que ele ficasse conhecido como a “caixa d’água” do Brasil.

Isso porque Rios de grande importância têm suas nascentes em Minas Gerais, o que faz com que o estado tenha seu cenário natural composto por uma grande quantidade de cachoeiras, que, de um modo geral, oferecem aos visitantes paisagens belíssimas.

Com intuito de juntar o útil ao agradável, vamos mostrar a você diversas opções para ir programando seu verão. 

Cachoeiras na Serra da Canastra

Considerado um dos principais parques de preservação ambiental do Brasil, o Parque Nacional da Serra da Canastra possui uma extensa área com lindas paisagens.

O local é responsável pela preservação de várias espécies de animais em extinção, e também conta com a nascente do Velho Chico.

Quais cachoeiras encontramos por lá?

1. Cachoeira Casca d’Anta

Cachoeira Casca D'anta
Foto Casca D’anta por Eduardo Filho

A maior queda d’água do São Francisco e a terceira maior do Brasil, contando com 186 metros de altura. Casca d’Anta é o principal atrativo da Serra da Canastra.

Como Chegar

Está localizada à 350 Km de Belo Horizonte (Aproximadamente 5 horas de viagem) em São Roque de Minas.

Parte Baixa:

O acesso ao local é feito através da portaria 4, pela estrada que liga Vargem Bonita e São José do Barreiro, à 38 km de São Roque de Minas.

Parte Alta:

Acesse a portaria 1. De lá, terá mais 37 Km de estrada, que pode ser feita com seu automóvel. Depois, você pegará uma trilha de 200 metros que deverá ser percorrida a pé.

Observações

O passeio é todo guiado por placas, recomendável para qualquer um que esteja em boas condições físicas, porém existe um limite diário para visitantes.

Portanto é importante chegar cedo, pois a lotação atinge o limite lá para às 10:00 da manhã, e também é cobrada uma taxa de visitação de R$ 10,00 por pessoa.

Acesse as fotos e reviews no TripAdvisor ou veja como foram às aventuras do Casal Turista na Casca D’Anta para mais detalhes.

2. Cachoeira do Fundão

Cachoeira do Fundão na Serra da Canastra
Foto da Cachoeira do Fundão Serra da Canastra por Leo

Um verdadeiro paraíso de águas cristalinas escondido pela natureza, a Cachoeira do Fundão, também conhecida como Cachoeira do Picolé, é uma das maravilhas mais exóticas da Serra da Canastra.

A mesma é rodeada por um belo poço para banho, ideal para mergulho, apontada pela maioria dos visitantes como a mais bonita do local. Isso se deve a dificuldade do acesso que colabora bastante com sua preservação.

Como Chegar

Está localizada a 49Km de São Rock de Minas, em uma área particular, mas o acesso é feito pela portaria 1 do Parque da Serra da Canastra. Depois basta seguir a estrada principal, a 5km do destino você encontrará um lugar seguro para deixar seu veículo. O restante da trilha deverá ser feito a pé, ou de veículo alto específico para trilha.

Observações

Não é aconselhável tentar chegar ao local de carro de passeio ou ir acompanhado de crianças, por causa da dificuldade do percurso.

Veja as fotos e comentários da Cachoeira Fundão no TripAdvisor.

3. Cachoeiras do Complexo Capão Forro

Cachoeira do Complexo Capão Forro
Foto do Complexo Capão Forro por Maria H.

Ao todo são 5 cachoeiras para você aproveitar à vontade, com destaque a Cachoeira da Mata, por sua magnífica piscina natural de águas cristalinas. As trilhas são bastante acessíveis e por se tratar de uma propriedade particular, é possível alugar casas para temporadas.

Como Chegar

Fica a 6km de São Roque de Minas, na portaria 1 do parque, bem próximo a área urbana da cidade.

Observações

Segundo alguns usuários, é cobrada uma taxa de visitação R$20,00. Não existe contra indicações, já que a trilha é leve e próxima da portaria.

Acesse as fotos e reviews das Cachoeiras do Complexo do Forro Tripadvisor.

Há Mais Cachoeiras Por Lá

Como você já deve ter percebido, todas cachoeiras apresentadas até agora, são da mesma região. Já que ainda estamos apenas na primeira região, vou apenas listá-las com links, que te ajudarão a encontrar mais informações sobre elas:

Descobrimos também uma publicação bem legal do Desviantes que você poderá encontrar mais informações.

Você Também Poderá

O parque é enorme, de fauna e flora muito vasta, um sonho para os amantes da natureza que gostam de trilha e trekking, ecoturismo, camping. É possível encontrar grupos que fazem excursões para prática de vários tipos de esporte.

Não há como deixar de falar das inúmeras fazendas que produzem o famoso Queijo Canastra, que são deliciosos. Aproveite para experimentar!

Não é Permitido

A entrada de bebidas alcóolicas, materiais para pesca ou caça. O parque é monitorado, então fique bastante atento às exigências.

Lago de Furnas 

O Lago de Furnas é um dos maiores e mais limpos lagos artificiais do mundo, considerado o mar de minas por sua extensão que chega a ser cinco vezes maior que a Baía de Guanabara. Está localizada a 280 Km de Belo Horizonte, um “verdadeiro” mar para quem está a 600 km do litoral.

Abrange 34 municípios pelo seu potencial natural, formando diversos lagos, piscinas naturais, cachoeiras, balneários, que o torna bastante convidativo para um agradável passeio de chalana.

1. Cachoeira Lagoa Azul

Cachoeira Logo Azul 

Trata-se de um lugar paradisíaco, de águas cristalinas, que se impõe através de uma irresistível paisagem batizada pelos próprios visitantes de Cachoeira Lagoa Azulem referência à um filme famoso. O lugar chama muita atenção por suas atributos naturais.

Como Chegar 

Seu destino será a rodovia MG 050, km 311, em Capitólio, Minas Gerais. Procure por Empório Lagoa Azul.

Observações

O ingresso custa R$ 35,00. Além disso há diversidade turística imensa, caso você queira mais informações, recomendamos que veja a Cachoeira Lagoa Azul no Tripadvisor.

2. Cachoeira do Canyon

Cachoeira do Cannyon

Apesar de restrita aos proprietários de algum tipo transporte aquático, a preciosa Cachoeira do Canyon vai te deixar de queixo caído com o espetáculo natural que ela produz.

Acessível apenas pelo lago, através de lanchas e outros veículos aquáticos,  é outro ponto que atrai muitos visitantes por conta dos famosos caniôns, que são formações rochosas que chegam até 50 metros de altura.

Como Chegar

Para chegar ao local se dirija para MG-050, Km 306, em Capitólio, Minas Gerais.

Observações

Se você já está se perguntando se existe algum serviço oferecido que te permita usufruir desse paraíso, acesse os serviços cadastrados no Tripadvisor para ver fotos e saber mais sobre os passeios disponíveis.

Aproveite para conhecer os Canyons e Cachoeiras do Mar de Minas a bordo de um bar flutuante.

3. Cachoeira da Filó 

Cachoeira Filó
Foto Cachoeira do Filó por Moises Junio

Ainda próximo de Capitólio, temos outra jóia rara, que por sinal, é bastante procurada por muitas pessoas pela tranquilidade que ela proporciona.

A Cachoeira do Filó é uma pequena cascata, porém bastante volumosa, que resulta num lindo poço de águas límpidas, com pequenas praias para banho.

Como Chegar

Localizada a 36 Km de Capitólio,  em São João Batista do Glória, MG, às margens da rodovia MG 050 no Km 300 sentido Furnas.

Observações

A entrada é livre de taxas, para obter mais detalhes, acesse Cachoeira da Filó no Tripadvisor, lá você encontrará fotos e comentários de outros usuários.

Confira também a aventura do Casal Turista na Cachoeira da Filó, você terá a sensação de estar naquele paraíso.

Há mais Cachoeiras no “Mar de Minas”

Se tiver procurando um lugar para sua viagem de férias, na Região de Furnas há uma infraestrutura turística espetacular.

Além das que já citamos, existem outras cachoeiras, ao todo são 34 municípios prestigiados pelo Lago de Furnas. Confira algumas delas:

Serra do Intendente 

O Parque Estadual da Serra do Intendente está localizado no Distrito de Tabuleiro, município de Conceição de Mato Dentro, trata-se de outra unidade preservação ambiental de biodiversidade muito rica, que está entre as opções para quem quer se refrescar ou admirar a natureza.

São muitas atrações, com jardins naturais abrigando esse complexo de belezas naturais que conta com o Sítio Arqueológico de Dourado, a Lapa do Índio, etc.

1. Cachoeira do Tabuleiro 

Cachoeira do Tabuleiro

Eleita pelo Guia Quatro Rodas como uma das “7 Maravilhas da Estrada Real” em 2012, a Cachoeira do Tabuleiro é a terceira mais alta do Brasil e a primeira de Minas, sendo 273 metros de queda, ao longo de um deslumbrante paredão colorido. Só para se ter uma ideia, sua altura é equivalente à um prédio de 91 andares.

Como Chegar

Partindo de BH, pegue a Linha Verde, sentido Lagoa Santa e, de lá, a rodovia MG–10, sentido Serra do Cipó. Em Conceição do Mato Dentro, siga até o entroncamento de Congonhas do Norte. Depois, vire à esquerda sentido Tabuleiro, siga 19 km de estrada de terra, mantendo-se à esquerda até o parque.

Observações

O Parque é aberto ao público diariamente das 8h às 17h, sendo que a entrada somente é autorizada em condições climáticas favoráveis e requer agendamento prévio.

Para o acesso à parte alta da cachoeira, a entrada é permitida até às 11h e para o poço da cachoeira até às 14h.

É cobrada uma taxa de visitação no valor de R$10,00 por pessoa e o limite de visitantes dentro do Parque é de 200 turistas por dia.

As atividades de esportes de aventura, como o rapel, a escalada, o slackline, o base jump, entre outros, são permitidas mediantes autorização prévia e checada a capacidade técnica do praticante.

Não é permitida a entrada de animais domésticos.

Para mais informações: 

Email: marcos.santos@meioambiente.mg.gov.br
Fone: (31) 9603-6767 e 9632-3388.

2. Cachoeira Rabo de Cavalo 

Cachoeira Rabo de Cavalo

Também anexa ao Parque da Serra do Intendente, a Cachoeira Rabo de Cavalo é uma das atrações do município de Conceição do Mato Dentroconsiderado por muitos como a Capital do Ecoturismo de Minas Gerais. 

Como Chegar

Está localizada na APA (Área de Proteção Ambiental) da Serra do Intendente. São 24 km de Conceição do Mato Dentro até o distrito de Itacolomi, de onde você deve seguir por trilha de aproximadamente 1 hora.

Observações

O parque não possui bares ou restaurantes, portanto é bom levar lanche e água.

Outras Cachoeiras Próximas de Lá

Como as outras regiões apresentadas até o momento, o local também oferece mais opções, mas infelizmente as informações são escassas. Segue o nome delas:

  • Cachoeira Congonhas
  • Cachoeira do Coração 
  • Cachoeira do Peixe Tolo
  • Cachoeira do Zé Cornicha

Serra do Cipó e Lapinha

Consagrado como Jardim do Brasil pelo paisagista Burle Max ainda em 1950, que faz jus a um dos conjuntos naturais mais exuberantes do planeta, a Serra do Cipó abriga a mais extraordinária amostra de Campos Rupestres do Brasil além de uma fauna representativa e composta de várias espécies ameaçadas de extinção.

A topografia acidentada e a grande quantidade de nascentes formam diversos rios, cachoeiras, cânions e cavernas de excepcional beleza natural.

A Lapinha faz parte da Área de Preservação Ambiental Morro da Pedreira, cinturão de proteção do Parque Nacional da Serra do Cipó. Integra o circuito da Estrada Real e está a 143 Km de Belo Horizonte. Alguns a chamam Lapinha da Serra, os moradores mais antigos Lapinha de Belém.

1.Cachoeira Grande

Cachoeira Grande Serra do Cipó
Foto Cachoeira Grande por Beto Cipoeiro

A Cachoeira Grande é apenas um dos cartões postais da região, que apesar de ter somente 9 metros de queda, possui um modesto volume de água, proporcionando aos visitantes um delicioso poço de aguas cristalinas.

Como Chegar

O acesso é feito pela rodovia MG-010, passando por Lagoa Santa. Mais adiante, após a travessia de uma ponte sobre o Rio das Velhas, seguir em direção ao Distrito Serra do Cipó, município de Santana do Riacho.

A entrada para o Parque é no Km 95 da MG-010, logo após a ponte do Rio Cipó.

 

Observações

É cobrada uma taxa de visitação de R$30,00/Pessoa, sendo o limite máximo de 200 pessoas/dia. Há uma trilha de 1 km até a cachoeira que deverá ser feita a pé.

2. Cachoeira do Bicame

Cachoeira do Bicame
Foto da Cachoeira do Bicame por Chico Trekking

A Cachoeira do Bicame possui um par de quedas de aproximadamente 25 metros, que resultam num belíssimo poço de águas acobreadas, bastante fundo em alguns pontos, convidativo para mergulhos e banhos.

Formada pelo Rio De Pedras, é uma das cachoeiras mais belas da região, localizada na Reserva Natural do Patrimônio Natural, recebeu este nome pelo “Bicame”, devido ao desvio construído no século passado para retirar o rio do seu curso natural para exploração de diamantes.

Como Chegar

Siga para Santana do Riacho, chegando lá, siga pela estrada de chão batido até o “Cotovelo”, bifurcação que leva ao arraial de Lapinha da Serra.

Ao invés de tomar à direita sentido arraial, sega em frente, sentido norte. Se estiver de carro de passeio percorrer pouco mais de 2 km após o “Cotovelo” e estacionar o veículo próximo a uma casa, antes de uma porteira.

Se estiver de 4 x 4, percorrer mais 5 km, após a primeira porteira, por estrada ruim até a entrada da RPPN Ermos dos Gerais. Desse ponto, percorrer mais aproximadamente 5 km por trilhas em bom estado e bem marcadas. 

Observações

Visitação controlada de acordo com a capacidade de lotação, permitindo somente a entrada de 30 pessoas por dia.

O acesso entre a portaria e a cachoeira só é possível a pé ou de bicicleta. Não é permitida a entrada de animais domésticos.

Chico Trekking conta sua experiência na Cachoeira do Bicame no seu blog.

Outras Cachoeiras da Região 

Além da Cachoeira Grande e Bicame, há outras cachoeiras tão boas quanto elas próximas de lá. Infelizmente temos poucas informações sobre elas:

Nas Demais Regiões

O estado de Minas Gerais é imenso, existem diversas regiões mais isoladas da região central, que possuem riquezas naturais de causar inveja em povos que vivem distantes. Vamos à elas agora:

1. Cachoeira das Irmãs

Cachoeira das Irmãs - Araguari MG
Cachoeira das Irmãs – Araguari MG por Raíssa Dantas

Formada pelas águas do Rio Jordão, alimentado pelos Ribeirões Passarão e Bom Jardim. Cachoeira Duas irmãs, que também é conhecida pelo nome de Cachoeira das Freiras, por está no fundo de uma chácara onde funciona um convento de freiras, tem uma forte queda de 42 metros  sobre um poço gigantesco.

Como Chegar

Há 20 Km de Araguari,  o local é de fácil acesso e está localizada na propriedade do Instituto Francisco Savério Petanha. 

Partindo de Araguari, siga pela estrada da Usina Hidrelétrica do Pissarrão, após a ponte sobre o Ribeirão do Pissarão encontrará seu destino. A cachoeira próxima a ponto,  nos fundos da chácara do Instituto, onde também funciona o Convento de Freiras de Araguari.

2. Cachoeira Janela do Céu

Cachoeira Janela do Ceu

Com cerca de 20 metros de altura, a belíssima Janela do Céu é a principal atração do Parque Estadual do Ibitipoca, dividindo a atenção dos visitantes com outras maravilhas, como a Gruta da CruzPico da LombadaGruta dos Moreiras.

Como Chegar

O Parque está localizado na Zona da Mata do estado de Minas Gerais, entre Lima Duarte e Santa Rita do Ibitipoca.  A portaria fica 3km após a  Vila de Conceição do Ibitipoca.

Observações

O custo do ingresso finais de semana e feriados é R$20,00 por pessoa, aos dias de semana, é cobrado a metade. Nos feriados e finais de semana chegue cedo para garantir a sua entrada, o número de ingressos possui limite de capacidade. Os ingressos são vendidos somente no dia da entrada e na portaria do Parque, não fazem venda antecipada.

Às segunda-feira o Parque não abre, exceto quando a segunda-feira coincidir com feriado ou recesso, sendo o fechamento postergado para o primeiro dia útil posterior ou outra situação a ser definida pela gerência da Unidade.

Não é permitida a entrada de animais de estimação no Parque, e também proibida a prática de esportes radicais dentro da reserva. Não é possível reservar o acampamento no Parque, a área também é limitada e delimitada. As vagas no estacionamento do Parque são limitadas, a capacidade de carga fica a critério da gerência da unidade.

Para mais informações: 

Telefone: (32) 3281–1101
Email: peibitipoca@meioambiente.mg.gov.br
Site Oficial: www.ief.mg.gov.br

Conheça o Circuito Janela do Céu no Blog Vamos Trilhar.

3. Cachoeira do Crioulo

Cachoeira do Crioulo

Águas de tom dourado, com direito a prainhas de areia branca num ambiente capaz de proporcionar à todos um profundo bem-estar. É o que encontra quem visita a Cachoeira do Crioulo, uma das cachoeiras mais belas do Parque Estadual do Rio Preto.

Como Chegar

Partindo de Belo Horizonte, seguir a rodovia BR 040 sentido de Brasília. Acessar a rodovia BR 259 até Curvelo. Então sega pela rodovia BR 367, sentido Diamantina. Após a cidade de Couto Magalhães, entre na rodovia MG 214 até São Gonçalo do Rio Preto.

De lá até a portaria do Parque são 14 Km de estrada de terra batida e bem sinalizada.

Observações

O Parque Natural possui uma das melhores estruturas de MG. Fazendo parte dela um Centro de visitantes, restaurante, área de camping e chalés que possibilita até pernoitar no parque. Você também encontrará quiosques com churrasqueira, pia, tomadas elétricas, banheiros com chuveiros elétricos e papel higiênico. Vale muito a pena!

Para mais informações: 

Os alojamentos e a área de camping devem ser reservados com antecedência junto à administração do parque.

Visitação: De terça a domingo, de 07:00 às 17:00.
Telefone: 
38-99765621
Gerente: Antônio Augusto Tonhão de Almeida
Email: antonio.almeida@meioambiente.mg.gov.br
Site Oficial: www.ief.mg.gov.br

4. Cachoeira Vale das Borboletas

Cachoeira das Borboletas
Foto Cachoeira das Borboletas por Renato Borin

Claro que não poderia faltar a famosa Cachoeira Vale das Borboletas. Conhecida assim por causa da grande quantidade de borboletas que sobrevoam a cachoeira durante o verão, possui um límpido e convidativo poço que promete ficar na lembrança de todo visitante.

Localizada em São Tomé das Letras, um lugar de clima místico e propriedades naturais incríveis que atrai pessoas de todos os cantos do Brasil.

Como Chegar

Para quem vai de Belo Horizonte, siga a rodovia BR – 381 sentido São Paulo até Carmo da Cachoeira, depois siga sentido à São Tomé das Letras. Chegando lá, pegue a estrada que leva para Três Corações  mais 1,5Km. Segundo algumas informações o local é bem sinalizado, mas por via das dúvidas, siga de GPS.

Coordenadas: -21.7237229,-45.0066919

Lugar Para Ir Não Vai Faltar!

Minas é gigantesco. Isso é só o começo! Esperamos ter ajudado você a encontrar o que buscava. Se gostou de nossa dica, curta a nossa página no Facebook ou deixe seu email para receber nossas dicas.

Grande abraço e até a próxima!