Kitnet e Quartos de Aluguel: Conheça Os Novos Modelos de Moradia Alternativas p/ Quem Precisa Pagar Pouco

Tempo de leitura: 6 minutos

Precisando mudar de cidade por causa do trabalho ou estudos? Ou, talvez, você apenas goste de viajar, quem sabe? Neste post iremos te mostrar como encontrar diversas modalidades de kitnet ou quartos de aluguel que caibam dentro do seu orçamento.

No mundo atual, estas possibilidades são, cada vez mais, comuns e em qualquer dos casos, a permanência em outra cidade é uma oportunidade de viver novas experiências.

Porém, sempre há o problema inicial de escolher uma moradia e principalmente, uma que se encaixe no orçamento e é neste nicho, que se enquadram algumas novidades como os Hostels.

Em Minas Gerais, por exemplo, um estado com muitas universidades conceituadas e também, com uma economia dinâmica, sempre há grande procura por aluguel de quartos em BH e outras cidades próximas.

Como até mesmo o aluguel de kitnet em BH, costuma ser caro e burocrático, surgiram inúmeras alternativas para atender esta demanda.

Por isso, para te ajudar a escolher, preparamos uma lista de alternativas, que dispensam os tradicionais contratos de aluguel com imobiliárias.

Vamos vê-las com calma, pois, certamente, alguma se encaixará perfeitamente nas suas necessidades e ao mesmo tempo, combinará com seu perfil.

1.Couchsurfing

Para os nômades modernos de espírito aventureiro.

Se você tem pouco dinheiro, vive viajando e adora conhecer pessoas diferentes, o couchsurfing pode se tornar seu “esporte” preferido!

Principalmente, porque o grande diferencial desta modalidade de estadia é a gratuidade.

O sistema funciona como uma comunidade mundial de pessoas dispostas a dividir espaços livres em suas casas.

Como quase todos os modelos de economia compartilhada, não há a obrigatoriedade de nenhuma contrapartida. O sistema se baseia na boa fé de todos aqueles que se sentem cidadãos do mundo.

Há um vídeo introdutório ao couchsurfing, mas, basicamente:

Você se inscreve no site;
Prova para as pessoas que é amigável e educado;
Passa a ter a disposição, quartos espalhados por mais de 200 mil cidades pelo mundo.

É claro que, idealmente, você deve retribuir a gentileza, hospedando outros “nômades” em sua própria casa, mas, isso não é uma obrigação, apenas um princípio pelo qual a comunidade se orienta.

2. Home Exchange

Para quem prefere privacidade, sem gastar “quase” nada por isso.

Esta é uma opção mais restrita, já que exige que você tenha uma casa para trocar e também, que alguém queira ficar nela.

Mas, a troca de casas não se resume a casa em si. Também se trata de uma comunidade online de pessoas que gostam de experimentar lugares novos.

Portanto, se você é deste tipo e prefere se hospedar confortavelmente com privacidade, porque gastar energia e dinheiro procurando uma quitinete para alugar em BH, por exemplo, se pode simplesmente trocar de casa com alguém daqui?

E se você está se perguntando: porque “quase” gratuito? Isso se deve ao fato de que a inscrição no site custa R$ 230,00 por ano, sem limite de trocas, o que, convenhamos, é barato.

E se a pergunta é sobre segurança, lugares do mundo ou experiências de outros usuários, o blog da comunidade internacional é um bom começo para dirimir as dúvidas.

3. Wimdu

Opção mezzo tradicional, mezzo moderna.

A primeira opção realmente paga desta lista é o Windu. Uma plataforma voltada a hospedagem em casas de famílias locais.

Trata-se do tradicional sistema de hospedagem utilizado por intercambistas há décadas, mas, turbinado pelas ferramentas online.

Embora o site também contenha casas para aluguel, o sistema de avaliações de experiência de usuários, combinado com os preços baixos de hospedagem em casas de família, o torna ideal para os jovens que vão morar fora do país.

Mas, também há depoimentos de boas experiências de casais em lua de mel, assim como outros tipos de viajantes.

Principalmente os nômades modernos, acostumados a economia compartilhada. Sempre eles! Para conferir, você pode começar por este link.

4. Easy Quarto

Para quem quer ou precisa viajar pelo país.

Profissionais liberais, nômades modernos, estudantes, não importa qual o perfil, sendo para encontrar opções no Brasil, o Easyquarto pode ser a solução.

Funciona como uma plataforma livre. Não importa se você procura apenas pelo aluguel de quartos em BH, ou se quer uma kitnet BH, alguém na cidade tem o que você quer.

O site apenas une os interessados, ficando a negociação por conta de inquilinos e proprietários. Havendo três opções básicas para quem procura moradia:

Procurar por um quarto entre os quase 7000 disponíveis pelo país;
Cadastrar anúncio pessoal, para ocupar um quarto dentro de um orçamento mensal;
Procurar alguém para dividir uma moradia.

Os preços são bastante variáveis e claro, capitais como BH, são sempre um pouco mais caras, mas, como se pode negociar diretamente com o proprietário, você sempre pode usar o seu charme e conseguir algo mais em conta.

Como aviso, apenas procure se lembrar que brasileiros nem sempre são as pessoas mais bem intencionadas do planeta, dê uma lida nestas dicas, antes de começar por lá.

5. Hostel

Para quem não quer se preocupar, precisa gastar pouco e adora sociabilizar.

Já que falamos tanto em nômades modernos e economia compartilhada, não poderíamos deixar a opção mais adequada de fora.

Para quem ainda não sabe, um Hostel não é um hotel ou pousada tradicional, mas, um espaço que alia algumas características destes, com preços acessíveis, sem ser uma pensão.

Complicado? Não mesmo. Uma das possibilidades que um Hostel oferece, é o compartilhamento de quartos, embora, eventualmente, também ofereçam quartos individuais.

Você pode ler uma explicação mais detalhada aqui, mas, a ideia geral, é gastar pouco, certo?

Digamos que você precise passar quatro meses em BH, com uma daquelas bolsas de mestrado ou doutorado, ou ainda, que tenha de prestar uma consultoria em alguma empresa da região.

Em ambos os casos, além do Hostel ser uma opção barata e descomplicada, oferece uma oportunidade única de aproveitar a vida, conhecendo pessoas que também viajam por aí, conhecendo pessoas.

Você não leu errado e não é redundância: é coincidência de interesses!

Mas, é claro que existem vários tipos de Hostels e os serviços podem variar muito de uns para outros, assim como os preços, ainda que, em geral, sejam baixos.

É útil ler as opiniões de outros nômades em sites como TripAdvisor, Booking.com entre outros.

Conclusão

E para encerrar, caso esteja vindo para cá, procurando por aluguel de quartos em BH, dê uma olhada em nossas opções, no Hostel BH Boutique.

Seja para quem busca hospedagem compartilhada ou privativa, temos diversos espaços comuns, para socialização, trabalho e estudo.

Além disso, trabalhamos para que nossos hóspedes tenham uma experiência diferenciada, com o jeito mineiro de ser hostel.

Acesse o nosso site e veja a opção ideal para você. Fique a vontade para curtir nossa página no Facebook ou deixar seu email pra gente mantê-lo(a) informado de tudo que tem de legal por aqui.

Um grande abraço e até a próxima.

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.